Buscar
  • Ari Brito

O pensamento pode ser libertador

Muitos se preocupam com a inteligência emocional, foi uma das áreas que mais cresceu nos últimos anos, mas não podemos deixar o pensamento, a inteligência desaparecer. A sensação que tenho em alguns momentos é que as pessoas não estão pensando, estamos vivendo no automatismo, parando pouco pra pensar no que estamos ouvindo e mais do que isso, falando sem pensar. Como se não importasse mais o campo das ideias. Aqui não estou defendendo a filosofia, nem afirmando que ela é mais importante do que a psicologia. Ambas são importantes para o desenvolvimento humano, os pensamentos não vivem sem os sentimentos, mas também os sentimentos dependem dos nossos pensamentos e de como encaramos as coisas que acontecem com a gente no cotidiano.


Vale a pena pensar antes de falar

Tenho falado muito sobre dar significado às coisas. Mais importante do que acontece com você é o como interpreta aquela situação. Se você estiver num dia mais animado um bom dia vai ser apenas um bom dia, se você estiver desanimado um bom dia pode parecer uma indireta, uma provocação. isso tem a ver com a inteligência emocional, mas também pelo conhecimento que você adquiriu ao longo da jornada.

Dica:

Ler artigos e textos um pouco maiores e profundos disponíveis na internet, depois você pode partir para capítulos de livros até chegar no livro inteiro. Pense como um processo. Se não começar, se não mudar, vai virar um leitor de títulos e sua capacidade crítica diminui. E lembre-se: pensamento crítico é uma das principais competências do nosso século. Até o próximo artigo. Abraços!

24 visualizações0 comentário